Serviços

Endereço

 

Av. Celeste, 268 - Centro

Carapicuíba - São Paulo

Cep. 06320-030

- Banho & Tosa

- Produtos pet

- Consultas

- Vacinas

- Medicamentos

Tel: 11 4164-3409

Fale com a gente!

  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa

Star Dog Pet Shop © 2015

Borborigmo ou barulho estomacal em cachorros

April 23, 2014

Você já deve ter escutado em algum momento o estômago do seu cachorro rugir e fazer barulhos estranhos. Algumas vezes é possível escutar ao encostar o ouvido no estômago do seu cão, e em outras, o som é tão alto que pode ser ouvido do outro lado da sala. Bem, esses barulhos ou rugidos estomacais são também conhecidos pelo termo Borborigmo (do Grego βορβορυγμός).

 

O barulho estomacal leve é naturalmente causado por atividades comuns ao corpo do animal, como a motilidade intestinal, atividades que envolvem a passagem de conteúdo no intestino e a presença de gás no intestino.

 

Barulhos estomacais anormais e mais altos que o normal podem ocorrer quando:

 

- Há quantidades maiores de gás no intestino;

 

- Fome

 

- Indiscrições dietéticas.

 

Algumas causas mais sérias que também podem ser responsáveis por um aumento significativo do rugido estomacal:

 

- Parasitas estomacais;

 

- Doença inflamatória intestinal;

 

- Corpos estranhos gastrointestinais;

 

- Hemorragia gastrointestinal;

 

- Certas toxicidades;

 

- Reações adversas a medicamentos;

 

- Problemas metabólicos acometendo o fígado e os rins;

 

- Distúrbios glandulares;

 

- Câncer intestinal.

 

Quando se preocupar com o rugido estomacal?

 

Normalmente, um barulho estomacal com causas mais sérias é acompanhado por letargia, apetite significativamente menor ou sede, diarreia e especialmente vômito. Não hesite em levar o seu cão ao médico veterinário, o quanto antes.

 

Se o seu cão normalmente apresenta barulhos estomacais mais altos, porém parece estar saudável e não apresenta nenhum dos sintomas citados acima, provavelmente ele estará bem (apesar de ser sempre interessante relatar ao veterinário, para que ele exclua possíveis problemas).

 

Alguns indivíduos apresentam barulhos estomacais mais altos e possuem intestinos mais ativos que os outros.

 

via Portal do Dog

Please reload