Serviços

Endereço

 

Av. Celeste, 268 - Centro

Carapicuíba - São Paulo

Cep. 06320-030

- Banho & Tosa

- Produtos pet

- Consultas

- Vacinas

- Medicamentos

Tel: 11 4164-3409

Fale com a gente!

  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa

Star Dog Pet Shop © 2015

Cães também sofrem do coração: conheça os sintomas e as causas do problema

April 18, 2016

Com o passar dos anos, o coração desses animais pode ter dificuldade para funcionar corretamente. Aprenda a identificar os sinais de que algo não vai bem com seu amigo de quatro patas.

 

 

Assim como os seres humanos, os cachorros também sofrem de problemas cardíacos. Eles costumam aparecer em animais idosos, ou seja, após os 6 anos.

 

Ao contrário do homem, contudo, os cães raramente infartam. Isso porque a anatomia do coração canino é mais eficiente e possui um número maior de vasos.

 

Além disso, eles vivem muito menos do que nós e, portanto, não sofrem todo o processo de acúmulo crônico de placas nas artérias, que ocorre com o passar do tempo.

 

No entanto, a principal causa de problemas cardíacos nos cães idosos é algo bastante comum também no homem: a insuficiência mitral. Assim como os humanos, esses bichos possuem a válvula mitral e, com o passar dos anos, ela pode se degenerar e tornar-se insuficiente.

 

Isso quer dizer que seu funcionamento fica comprometido e ela deixa escapar uma pequena quantidade de sangue que não deveria, causando um refluxo no coração.

 

Esse distúrbio vai ocasionar um pequeno aumento da câmera cardíaca e, consequentemente, produzir sintomas.

 

E como saber se meu cão pode ter esse problema? Observe sinais de cansaço fácil: o animal quer parar para descansar ao caminhar, ele fica muito ofegante e com a língua arroxeada, tem falta de ar e não consegue dormir sossegado (permanecendo com o pescoço esticado para respirar).

 

Mas não se apavore! Hoje a medicina veterinária dispõe de recursos sofisticados para o diagnóstico e tratamento dessas doenças.

 

Exames como ecocardiograma (ultrassom do coração), pressão arterial, eletrocardiograma e raio-X digital já fazem parte da rotina dos bichos. Com o auxílio desses testes, o veterinário cardiologista saberá indicar o melhor remédio para que os sintomas diminuam, fazendo com que seu animal possa viver mais e com muita qualidade de vida.

 

Se seu cão tem mais do que 6 anos, faça um check-up. Ele auxiliará na detecção precoce de problemas que podem ser tratados já!

 

Fonte: Revista M de mulher 

Please reload